Graduação inovadora une línguas e negociações internacionais

Curso, oferecido por quatro instituições públicas, reúne conhecimentos de Línguas, Comércio Exterior e Relações Internacionais.

aai

Você já ouviu falar do bacharelado em Línguas Estrangeiras Aplicadas às Negociações Internacionais (Leani)? É bom esclarecer que não se trata de uma graduação em Letras ou em Comércio Exterior, mas sim de um curso multi e interdisciplinar que dialoga com essas áreas. Os cursos de Línguas Estrangeiras Aplicadas surgiram na França, nos anos 1970, com o objetivo de atender a demanda de quem queria aprender línguas, sem se tornar professor.

Quatro instituições públicas oferecem o curso no país: a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em Ilhéus (BA); a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em João Pessoa; e o Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet-RJ), no Rio de Janeiro. Na UnB, ele é denominado Línguas Estrangeiras Aplicadas ao Multilinguismo e à Sociedade da Informação.

Caminho singular

A proposta dessa graduação, conforme explica a professora Adriana Ramos, coordenadora do curso do Cefet-RJ, é “ formar um profissional totalmente adaptável e globalizado que pode transitar nos campos de Línguas Estrangeiras, Administração, Relações Internacionais, Comércio Exterior, Turismo e Eventos etc”.

Com o conhecimento de duas ou mais línguas estrangeiras e suas culturas, o aluno é formado para assessorar, intermediar e coordenar processos de negociações internacionais em diversas frentes. Na UFPB, por exemplo, os focos de atuação do egresso são as áreas de comércio exterior (negócios internacionais), turismo, roteiros e eventos internacionais, direito internacional e interpretação e tradução”, conta o professor Roberto Vilmar Satur, coordenador do curso.

Uma característica interessante dessa graduação é que, ao contrário de um profissional de Comércio Exterior, por exemplo, que tem seu perfil profissional de certa forma já definido, cada profissional de Leani possui seu percurso próprio, traçado ao longo do curso e da vida profissional.

Disciplinas

Na Uesc, pioneira na oferta do curso, o estudante aprende três línguas estrangeiras (inglês, francês e espanhol) e suas culturas ao longo dos quatro anos do bacharelado. Paralelamente, tem conteúdos de direito, marketing, estatística, economia, história e comércio exterior, entre outros. Fazem parte das disciplinas estudadas Leitura e Produção de Textos; Estudos Culturais; Formação da Sociedade Brasileira Contemporânea; História Diplomática; Planejamento Estratégico; Organismos Mundiais e Blocos Econômicos; e Produção Cultural e Entretenimento.  Os alunos devem realizar estágio e trabalho de conclusão de curso.

 

Fonte: http://guiadoestudante.abril.com.br

Outros conteúdos

CSJE promove homenagem de aniversário para irmã Marcela

Em comemoração do aniversário de 80 anos da Irmã Marcela, uma celebração eucarística foi realizada na manhã desta segunda-feira (30) de maio, nas dependências...

CSJE realiza Simulado do ENEM com Sistema Farias Brito / Evolucional

Durante o domingo (15), os alunos do Colégio São João Evangelista (CSJE), do Ensino Médio (1º ao 3º ano) participaram do Simulado ENEM Sistema...

CSJE realiza evento em homenagem às mães

O Colégio São João Evangelista (CSJE), realizou uma apresentação especial para comemorar o Dia das Mães 2022. Na quadra da instituição foi montada um espaço...

Comemoração ao Dia do Coordenador Pedagógico

Neste dia 22 de agosto comemoramos o Dia do Coordenador Pedagógico. É salutar agradecer aos coordenadores Maricea Deocleciano, Ezaquias Gonçalves e Graziela...