Para o que serve redação no vestibular?

A redação não existe no vestibular por acaso. Existe um motivo pelo qual ela faz parte de grande parte dos processos seletivos.
vestibular

“Afinal, o que a redação pretende avaliar? Por que ela é importante?”

Cada vestibular tem critérios próprios de avaliação. Cada vestibular atribui notas à redação a partir do modelo de texto que considera relevante que o candidato consiga produzir. Sendo assim, é importante conhecermos o que cada uma das bancas avaliadoras espera que o candidato seja capaz de fazer na redação.

A Fuvest pretende selecionar candidatos que consigam fazer análises críticas de questões sociológicas. A Vunesp (Unesp, Unifesp e outras provas) tem como objetivo avaliar a capacidade do candidato de construir uma boa progressão textual na redação, da perspectiva tanto da linguagem quanto do conteúdo – trata-se de uma prova bastante focada em estruturação e organização do texto. O Enem avalia a habilidade do estudante de delimitar, problematizar e sugerir soluções para um problema social ou ambiental brasileiro, sempre focando no momento atual. A Unicamp, a UEL, a UFPR e a UFSC avaliam o desempenho dos candidatos na produção de diferentes gêneros discursivos, verificando como o aluno se sai em diversas situações de compreensão e produção textual que podem surgir em seu cotidiano.
“Como saber o que o vestibular ou o concurso espera que eu faça na redação?”

Como já dissemos, é muito importante que você leia o Edital do vestibular ou do concurso que você vai realizar. É nesse documento que você vai descobrir o que pode ser solicitado pela prova. Além disso, é fundamental seguir todas as solicitações feitas pela proposta de redação, para que seu texto esteja o mais próximo possível do que a banca considera adequado.

Não tem segredo: tudo que você precisa saber sobre a produção textual de cada processo seletivo geralmente é apresentado por esses dois documentos. Basta ler com atenção para não ter surpresas.

Fonte: https://www.stoodi.com.br